terça-feira, 30 de abril de 2013

Fechamento Mensal




Segue nosso fechamento mensal, carteira 1,91% contra o ibov em -0,78% objetivo atingido que é ter uma performance melhor que o índice. Agora acumulamos 10,2% no ano, contra o ibov no campo negativo, o investimento tem mostrado um excelente retorno já que mesmo sem bons ventos, estamos colhendo bons lucros.

Trocamos as ações CSAN3, IMCH3 E PSSA3. Por MDIA3, ESTC3 E ETER3. Pra quem não tem muita familiaridade com códigos e qual empresa é, talvez assim dê pelo menos pra saber de quais empresas se tratam.

Seguimos com a carteira simulada, até quando não se sabe, a abertura do clube está encaminhado, em breve teremos novidades.


segunda-feira, 29 de abril de 2013

Troca de Ativos na Carteira Simulada para Maio


Segue a carteira simulada para Maio, usarei o preço de fechamento de amanhã para continuarmos a simulação. Gosto principalmente de ETER3.

Acompanhamento de Carteira Simulada


Subiu um pouco hoje, mas em relação ao ibov não foi lá essas coisas. Petrobrás com alta expressiva pressionando o ibovespa.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Acompanhamento de Carteira Simulada


Semana ruim, começou muito bem, mas virou e o retorno volta pro campo negativo. Além disso ibov está sendo puxado por petr4, vale5 e ogxp3. As 2 primeiras por resultados a cima do esperado pelo mercado, a ogxp3 pra variar por especulação.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Acompanhamento de Carteira Simulada


Dia feio hoje, ibov em leve alta e nós .... afundo. Como notícia boa só os dividendos da Grendene que caíram na conta. torcemos por dias melhores.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Buffett é o Cara!!!


Saiba por que Warren Buffett não investe em ouro

O megainvestidor acredita que ações e outros ativos têm capacidade maior de gerar valor para o investidor

Por Gabriella D'Andréa  
A A A
SÃO PAULO – Diferentemente do megainvestidor George Soros, o magnata do mercado acionário, Warren Buffett sempre deixou clara sua posição contrária sobre investir em ouro. Compartilhando da mesma opinião, o colunista do site Market Watch, Jeff Reeves, aponta as causas dessa aversão com algumas frases ditas pelo oráculo de Omaha.
“(O ouro) é cavado nas terras da África, ou em outro lugar. Então nós o derretemos, cavamos outro buraco, os enterramos novamente e pagamos uma pessoa para ficar em volta guardando-o. Não tem nenhuma utilidade. Qualquer um assistindo de Marte estaria coçando a cabeça”, defendeu Buffett em 1998 em um discurso na Universidade de Harvard.
Warren Buffett sempre se mostrou contrário a investir em ouro (Lane Hickenbottom/Reuters)
Warren Buffett sempre se mostrou contrário a investir em ouro (Lane Hickenbottom/Reuters)
Com isso, o investidor passa a mensagem de que o ouro não tem uso, somente um valor arbitrário que é definido por nós mesmos. Sendo assim, Reves aponta que o fato do ouro ser raro não significa que ele valha como um investimento, ainda mais para alguém que assim como Warren Buffett está preocupado com estatísticas, como o valor contábil e o fluxo de caixa de empresas.
EntrevistasO mesmo posicionamento foi reforçado em 2009, quando a rede televisiva CNBC lhe perguntou onde o metal precioso estaria em 5 anos e se ele deveria ser parte de um investimento de valor.
“Eu não tenho ideia de onde ele vai estar, mas o que eu posso te dizer é que ele não vai fazer nada entre agora e depois, exceto olhar para você. Considerando que a Coca-Cola terá feito dinheiro, e a Wells Fargo terá feito muito dinheiro, e terá muito – e é muito mesmo –, é melhor ter um ganso que continue botando ovos do que um ganso que apenas senta e come o seguro, a armazenagem e algumas coisas desse tipo”, critica o megainvestidor.
Desde então, o ouro que estava a US$ 900 a onça troy, teve uma valorização de 45%, enquanto as ações da Coca-Cola e do banco Wells Fargo subiram 100% e 200%, respectivamente, sem incluir os dividendos.
O colunista ainda aponta outra frase dita por Buffett em 2010 ao comentarista econômico Ben Stein. “Você pode ter todo o ouro que já foi extraído e que iria preencher um cubo de 67 pés em todas as direções. Pelo preço atual do ouro, você também poderia comprar – não algumas – todas as terras agrícolas dos Estados Unidos. Além disso, você poderia comprar 10 Exxon Mobils e ter mais um US$ 1 trilhão em sua conta. Ou você poderia ter um grande cubo de metal. Qual você escolheria? Qual vai produzir mais valor?”.
Coincidentemente, nesta semana o ouro voltou para o mesmo patamar que estava quando a entrevista foi realizada, em torno de US$ 1,350 a onça troy. Enquanto isso, as ações da Exxon Mobils já subiram 35%, sem contar os dividendos, e as terras agrícolas continuam crescendo em um ritmo rápido.
E como não é possível prever quais serão os próximos passos do preço do ouro, Reeves se mantém cético com o metal e afirma que Buffett vai continuar sentado na corrida pelo ouro.
fonte: Infomoney

Acompanhamento de Carteira Simulada


Bonito hoje hein, alta e maior que o ibov.

BRF indo bem, pelo jeito o mercado gostou da entrada da Abílio Diniz, além disso o milho tem caído no mercado de commodities, o que favorece os custos, base de ração.


Medidas favorecem São Martinho, Cosan e Tereos...Na tentativa de resgatar a competitividade do etanol, diminuir a importação da gasolina e baixar os preços das bombas, o governo federal anunciou a desoneração de impostos na cadeia produtiva do etanol. De acordo com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a alíquota de PIS/Cofins (Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) que incide sobre a produção do etanol será neutralizada pelo governo.
Segundo a equipe de análise da XP, a notícia já era especulada há algum tempo, mas sem dúvida é positiva para as empresas do setor de açúcar e álcool. As que serão mais diretamente beneficiadas são: São Martinho (SMTO3+4,14%, R$ 27,68), Cosan (CSAN3+3,20, R$ 46,07) e Tereos (TERI3+2,33%, R$ 3,07), nessa ordem. Além disso, com o aumento do etanol no combustível, a medida também favoreceu a Petrobras.
Além da redução, o governo também anunciou duas linhas de crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social) com recursos da ordem de R$ 6 bilhões. "Os últimos 4 anos foram difíceis para o setor, que não realizou muitos investimentos e ainda teve dificuldades nas safras. Com essa redução do PIS/Cofins, o valor economizado pelas empresas pode ser revertido em novos investimentos", explica o analista Lucas Brendler, da Geração Futuro.
Fonte: Infomoney

Grendene - avisa que o mundo está em crise porque ela não sabe, rumo aos 100%, hehe.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Acompanhamento de Carteira Simulada


Subindo, mas menos que o ibov. Dia agitado. Está chegando o final do mês e avaliar as ações da carteira simulada.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Acompanhamento de Carteira Simulada


Mais um dia de alta, mas hoje não foi também, subiu menos que o ibov. Pegamos uma série de proventos esses dias GRND3, VIVT4 e PCAR4. Esses valores foram subtraídos dos preços de entrada. Carteira indo bem no mês, voltou a ficar no campo positivo.

Bom final de semana a todos.

Se você tem por hábito cometer alguns "deslizes" na sua declaração de IR ou acha que não dá nada, melhor começar a prestar atenção, o barato pode sair caro:


Edição do dia 19/04/2013
19/04/2013 11h29 - Atualizado em 19/04/2013 11h29

Receita descobre que mais de dois milhões não pagaram o IR


Para chegar aos devedores, a instituição cruzou informações de bancos, cartórios e até da Bolsa de Valores de São Paulo.

Receita Federal descobriu mais de dois milhões de contribuintes que não pagaram o imposto de renda. Agora todas as dívidas vão ser cobradas.
Para chegar aos devedores, a Receita Federal cruzou informações de bancos, cartórios e até da Bolsa de Valores de São Paulo. Identificou 2,6 milhões de contribuintes que não fizeram uma ou mais declarações de Imposto de Renda nos últimos quatro anos e já começou a notificar os omissos. Primeiro os grandes devedores. Um deles não declarou R$ 500 milhões.
“Elas apostavam que talvez a Receita não identificasse essas ocorrências, mas com os cruzamentos das bases de dados que nós temos nenhum contribuinte passa ao largo da análise da Receita Federal”, afirma Carlos Roberto Occaso, secretário de Arrecadação da Receita Federal.
Quem for notificado terá 30 dias para fazer a declaração e pagar apenas o imposto devido, mais multa de 20%. O contribuinte que continuar omisso vai ficar com o CPF irregular, pagar multa de 225% do valor devido e ainda pode ser processado por sonegação fiscal e condenado a até dois anos de prisão.
Quem ainda não fez a declaração de renda do ano passado tem que se apressar. O prazo de entrega termina dia 30 de abril. Até agora, a Receita recebeu pouco mais de 11 milhões de declarações, o que não é nem a metade do total previsto.
O cozinheiro Charles Ferreira Santos é um dos que ainda não entregou. Nos anos anteriores, ele não pagava Imposto de Renda porque ganhava menos. Agora, que tem dois empregos, terá que declarar. “Trabalho dia e noite, então a renda subiu um pouquinho, aumentou. Como é a primeira vez, não sei ainda nem o que eu vou ter que fazer ainda”, afirma.
Devem entregar a declaração que recebeu em todo o ano de 2012 mais de R$ 24.556.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Acompanhamento de Carteira Simulada


Dia bom hoje, 1,57% na carteira contra o ibov em 0,54%. Um sinal que pode ser a luz no fim do tunel, algumas ações que vinham caindo tiveram boas altas hoje, será que é reversão ou repique?

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Acompanhamento de Carteira Simulada


Carteira segue se defendendo bem das crises, peso a PSSA3, que não vem performando bem. Segue o destaque pra Grendene que passou a casa dos 70% de lucro. E ainda pegamos os proventos da VIVT4.

Quem opera com hedge, está tranquilo.


17 fatos que você (provavelmente) desconhece sobre o homem mais rico do Brasil

Lançado na semana passada, o livro "Sonho Grande" revela os bastidores dos maiores negócios já fechados por Jorge Paulo Lemann e seus dois principais sócios

Por João Sandrini  
A A A
(SÃO PAULO) – Em menos de uma semana, o livro “Sonho Grande”, da jornalista Cristiane Correa, alcançou o topo do ranking dos livros de não-ficção mais vendidos do Brasil, publicado semanalmente pela revista Veja. A obra conta como o empresário Jorge Paulo Lemann, homem mais rico do Brasil, e seus sócios Marcel Telles e Beto Sicupira construíram um grupo empresarial gigantesco, capaz de construir a maior empresa brasileira em valor de mercado - a Ambev - e de comprar alguns dos maiores ícones dos Estados Unidos - como a Budweiser, o Burger King e a Heinz.
O livro serve principalmente a homens de negócios interessados em aprender mais sobre a cultura de negócios forjada no antigo banco Garantia - e que depois foi imposta a todas as empresas cujo controle foi comprado pelo trio. Como o foco do livro não é a vida dos empresários, mas seus negócios, o texto de Cristiane Correa também ajuda a entender quem é quem no mercado financeiro brasileiro e relata uma série de curiosidades sobre a construção do império. A seguir, o InfoMoney apresenta 17 fatos que pouca gente conhecia sobre Lemann antes da publicação do livro:
1 – Órfão de pai aos 14 anos
Jorge Paulo Lemann: órfão de pai aos 14, aluno malandro, tenista, mergulhador, cardíaco, bilionário e criador da cultura empresarial mais vencedora e copiada do Brasil (Divulgação)
Jorge Paulo Lemann: órfão de pai aos 14, aluno malandro, tenista, mergulhador, cardíaco, bilionário e criador da cultura empresarial mais vencedora e copiada do Brasil (Divulgação)
Pai de Jorge Paulo, Paulo Lemann foi o fundador da fabricante de lácteos Leco (abreviatura de Lemann & Company), que tinha sede em Resende, no Rio de Janeiro. Anos depois, o laticínio foi vendido para Hélio Moreira Salles, irmão de Walter Moreira Salles, fundador do Unibanco. Hoje a empresa é controlada pelo grupo JBS, maior frigorífico de carne bovina do mundo. Paulo Lemann não viveu o suficiente para acompanhar a ascensão do filho. O pai de Jorge Paulo morreu atropelado por um ônibus quando ele tinha apenas 14 anos.
2 – Jeitinho brasileiro em Harvard
Jorge Paulo esteve longe de ser um grande aluno em seu primeiro ano de estudos no curso de Economia em Harvard. Mas, em conversas com ex-alunos e professores, descobriu que as provas e trabalhos eram praticamente repetidos de um ano para o outro e que as provas antigas ficavam arquivadas na biblioteca da universidade. Quando começou a se preparar para as provas estudando as dos anos anteriores, Jorge Paulo passou de aluno problema a queridinho do reitor. Ele conseguiu concluir o curso em apenas três anos – ao invés dos quatro tradicionais.
3 – Bom nas quadras, melhor fora delas
Muita gente sabe que Jorge Paulo foi um grande tenista. Mas foi por muito pouco que ele não se tornou um profissional do esporte ao invés de megaempresário. Jorge Paulo chegou a ser convidado para disputar a equipe da Suíça na Copa Davis e jogou como profissional em Wimbledon e Roland Garros, dois dos quatro torneios mais importantes do mundo. A carreira só não foi adiante porque ele percebeu que dificilmente chegaria a top 10 do mundo.
4 – A primeira falência a gente nunca esquece
A primeira empresa em que Jorge Paulo teve participação societária foi a Invesco, que atuava na concessão de crédito. A empresa quebrou em 1966, quando ele tinha 27 anos. A participação de 2% detida por Jorge Paulo virou pó.
5 – Como caçar um talento
O bilionário sempre foi bastante rigoroso nas contratações. Jorge Paulo costumava dizer que buscava jovens que ele descrevia pela sigla PSD: “poor, smart, deep desire to get rich” – ou em português, “pobres, espertos e com um desejo profundo de ficar rico”.
6 – Clube do bolinha
Nos 30 anos de história do banco Garantia, fundado por Jorge Paulo, cerca de 40 funcionários alcançaram o topo da hierarquia. Nenhum era mulher.
7 – Nepotismo zero
Filhos e esposas dos sócios são proibidos de trabalhar nas empresas controladas pelo trio de empresários. Se alguém se cassasse com outro funcionário no banco Garantia, um dos dois era obrigado a deixar a empresa. Na Ambev, até hoje os filhos de Jorge Paulo, Marcel e Beto só podem atuar como trainees.
8 – Ascensão abaixo do nível do mar
Foi a prática de pesca submarina que criou laços pessoais de amizade entre Jorge Paulo, Marcel e Beto. A piada interna no banco Garantia era de que quem pescava com o chefe tinha mais chances de avançar na carreira.
9 – Perfis distintos
No trato pessoal com os funcionários, “Beto é durão, Marcel é soft e Jorge Paulo é soft, soft, soft”.
10 – Há males que vêm para o bem
Poucos meses após comprar a cervejaria Brahma, o trio de empresários levou um susto ao descobrir que o fundo de pensão da cervejaria tinha um patrimônio de US$ 30 milhões e uma necessidade de US$ 250 milhões para cumprir com o pagamento da aposentadoria dos funcionários. O rombo era equivalente a quase quatro vezes o valor pago pela Brahma. Hoje o trio comenta que foi ótimo não ter feito uma auditoria completa na empresa antes de fechar o negócio. Se soubessem do buraco nas contas, nunca teriam levado o negócio adiante.
11 – Banco não é para cardíacos
Apesar do gosto pelos esportes, da dieta rígida e da distância dos vícios, Jorge Paulo sofreu um enfarte em 1994, aos 54 anos. O susto o fez passar um ano afastado do dia a dia do banco Garantia.
12 – Uma garantia contra o risco Garantia
Após a descoberta de um rombo milionário no Garantia, o trio tentou passar o controle do banco para os sócios mais jovens, que, no entanto, se recusaram a assumir a instituição. Como em caso de quebra de um banco, a legislação brasileira determinava que todo o patrimônio pessoal dos banqueiros fosse usado para cobrir o rombo, o trio, na verdade, tentava proteger empresas como a Brahma e a Lojas Americanas ao colocar a instituição à venda. No final, o Garantia foi comprado pelo Credit Suisse.
13 – De trem e em segurança
Após uma tentativa de sequestro dos filhos, Jorge Paulo e a esposa mudaram sua residência oficial para os arredores de Zurique, na Suíça. Lá, as crianças podem ir de bicicleta para a escola e Jorge Paulo muitas vezes vai trabalhar de trem.
14 – O aluno que virou CEO
No início da carreira, Carlos Brito, atual presidente da ABInbev, pediu uma bolsa a Jorge Paulo para cursar um MBA no exterior. Ao decidir liberar US$ 22 mil para Brito estudar, ele pediu quatro coisas: que o mantivesse informado sobre o andamento dos estudos, que enviasse artigos interessantes que lesse sobre finanças, que também ajudasse alguém a estudar no futuro e que, concluídos os estudos, não aceitasse uma oferta de emprego antes de procurá-lo.
15 – Antes de uma megafusão, uma meganegociação
A fusão da Ambev com a belga Intrebrew consumiu seis meses de negociação e incluiu a participação de advogados de 16 países diferentes. No total, mais de 8.500 e-mails foram trocados entre as partes.
16 – De camelo com FHC
Na época em que a Inbev negociava a compra da Anheuser-Busch, fabricante da Budweiser, o trio de empresários foi surpreendido pelo vazamento da informação, publicada no blog Alphaville, do jornal britânico Financial Times. No final de maio de 2008, Jorge Paulo e sua mulher Susanna viajavam pelo deserto de Gobi, localizado entre o sul da Mongólia e o norte da China. Acompanhavam o casal o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e sua então mulher, Ruth. Em foto publicada no livro, os quatro aparecem em cima de camelos.
17 – Nada a comemorar?
Quando descobriu que havia ultrapassado Eike Batista e alcançado o topo da lista dos brasileiros mais ricos do mundo, Jorge Paulo não deu a menor bola. Com Sam Walton, fundador do Walmart, ele havia aprendido que listas eram só papel e que na prática nada havia mudado.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Mais picaretagem na internet....


Estou eu tranquilo navegando no meu facebook, quando me deparou com uma aberração dessas. Vamos clicar pra ver né, duplicar o capital em 3 dias, alguém achou a fórmula do dinheiro e o mais interessante, resolveu dividir com todo mundo na internet.


Esse livro existe e aborda alguns pontos sobre bolsa de valores, mas com certeza não tem nada haver com este site. Repare que sempre que fala em dinheiro ele se refere a Euro.


Isso não é mercado de ações, isso são pares de moedas, talvez seja forex, talvez nem seja isso. Só mas uma observação, call e put são contratos de mercado de opções, não de ações.

Só pra saber, mercado de forex não é regulamentado no Brasil, sendo que se você sofrer qualquer prejuízo o problema é seu, não há nenhuma corretora no Brasil regulamentada para operar FOREX.

Digitem no google forex fraude, pra você ver os casos.



Esse é um ranking de fundos regulamentados que podem ser investidos no Brasil, os melhores em rentabilidade em 24 meses. Note que, você vai ver um video de 15min na internet e vai aprender a duplicar o capital em 3 dias. E esses caras desses fundos que estudaram anos e anos, dedicam o dia inteiro a ler, estudar, acompanhar o mercado, não conseguiram em 2 anos! Caramba, os caras do video da net são mesmo especiais né cara. Boa sorte!

Acompanhamento de Carteira Simulada


Hoje sim, nenhuma bomba estourou, mercado subindo, ganhamos do ibovespa. Ainda não fiquei satisfeito com as cores desse negócio.

Boas matérias do infomoney:


6 regras para perder na Bolsa

A carreira do Warren Buffet, provavelmente o maior investidor da história, foi marcada mais pela baixa ocorrência de erros do que grandes acertos.

Por Tiago Reis  
A A A
Há seis regras para sempre perder na bolsa.
A carreira do Warren Buffet, provavelmente o maior investidor da história, foi marcada mais pela baixa ocorrência de erros do que grandes acertos.
Ao invés de tentar comprar uma empresa que iria multiplicar por dez ou cem vezes, ele sempre buscou comprar empresas sólidas que não o farão perder dinheiro.
Buffett:  (Reuters)
Buffett: (Reuters)
Poucos ganham na bolsa. Mas se você conseguir evitar erros, eu te garanto que você está na frente de 90% dos outros investidores. E assim, talvez se torne um ganhador.
Antes de listar as seis regras para perder dinheiro na bolsa, eu preciso fazer uma advertência: Regras são regras. Não são pensamentos. Não preciso provar cientificamente a validade dessas regras. 
Ainda que existam exceções a essas regras, eu parto do principio que centenas de pessoas irão ler o que escrevo. Desta forma, na média essas regras se aplicam aos investidores. É como na loteria: na média os jogadores perdem dinheiro. Não vamos transformar o vencedor da loteria em regra, por favor.
Eis as regras que devem ser seguidas caso você deseje perder rapidamente:
1) comprar opções: Para ganhar com opções você precisa não apenas saber QUAL ação vai subir. Também precisa QUANTO esta vai subir e QUANDO vai subir.
Não vamos complicar as coisas. Você gosta de Bradesco e acha que o Bradesco vai dobrar. Muito bem, compre ações do Bradesco.
Nada impede que tenhamos um soluço na Grécia amanhã e suas opções de Bradesco abram em queda de mais de 50%. Isso pode acontecer mesmo com o Bradesco não tendo uma agência em um raio de 10 mil quilômetros da Grécia
E por favor, opções não são ações que custam centavos.
2) Vender opções a descoberto. Empresas que faturavam bilhões já quebraram fazendo isso. Aprenda com o erro dos outros.
3)  Investir em estatais. Eu não vou entrar nos detalhes desta vez. Eu já escrevi sobre isso antes.(Clique aqui)
4) Não invista em startups: Em geral, um projeto corre sérios riscos de custar mais do que o orçamento inicial, produzir menos que o planejado e demorar mais do que o planejado para ser entregue.
5) Giro de carteira: Investidores ganham se tiverem um processo sólido. Quem compra e vende rapidamente não ganha: Além dos movimentos de curto prazo apresentarem padrões aleatórios que inviabilizam qualquer processo, os custos de corretagem de quem movimenta sua carteira constantemente inviabilizam qualquer lucro a longo prazo.

6) Comprar empresas com prejuízo. De tempos em tempos, uma empresa com sucessivos prejuízos começa a entrar nas rodas de discussão e muitos “investidores” são seduzidos pela promessa de lucros rápidos. Foi assim com a Laep em 2009, Manguinhos em 2010, Mundial em 2011, entre outras...Em comum entre essas empresas apenas o final da história, que é sempre trágico.
Desempenho Laep - MILK11:
Não existe final feliz para as empresas com prejuízo.
Obviamente essa lista não é definitiva. Existem diversos outros erros que os investidores cometem. Mas esses são erros simples e comuns que diversos investidores cometem, e são facilmente evitáveis. No futuro vou continuar expandir essa lista e explorar outros erros que são cometidos.

No cofrinho, se guarda dinheiro ou sonhos?

Os cofrinhos são uma ótima maneira de ensinar as crianças a controlarem os seus gastos e pouparem o seu dinheiro, mostrando a elas que, com paciência e disciplina, chega-se o momento de realizar os sonhos, sejam eles de curto, médio e longo prazos.

Por Reinaldo Domingos  
A A A
Difícil encontrar alguém que, na infância, não tinha um cofrinho para guardar as moedas que ganhava dos familiares ou que economizava no recreio da escola. Um dos momentos marcantes era o dia de abri-lo ou quebrá-lo e descobrir o quanto tinha guardado e, depois, usar esse dinheiro das mais variadas formas. Essa ação inocente, contudo, era muito importante, sendo um dos primeiros contatos das crianças com o dinheiro. 
 
Infelizmente, nas décadas de 80 e 90, essas peças foram, de forma gradativa, reduzidas nos quartos das crianças em função dos altos índices de inflação e da mudança constante de moedas. Mas, depois de 1994, da implantação do Plano Real nasceu uma nova história, o resgate do valor ao dinheiro, promovido pela estabilidade de nossa moeda nacional, e, com isso, voltou o interesse dos pais em presentear os seus filhos com os cofrinhos, para que eles iniciassem um contato cada vez maior com o dinheiro.
 
No entanto, apenas criar o hábito de poupar, guardando dinheiro no cofrinho, não vem sendo suficiente para educar nossas crianças. Isso porque elas mal começam a guardar dinheiro no cofrinho e logo abrem e tiram o dinheiro para consumir em guloseimas ou outras futilidades.
 
Assim, o cofrinho, por si só, não constrói na criança a cultura de poupança estruturada. O fato de guardar dinheiro por guardar, dentro de um cofrinho, de nada resolve, visto que a criança, quando vir algo que a encante, vai gastar sem pensar.
 
Se tiver filhos ou sobrinhos, bata um papo com eles e provoque neles o desejo de sonhar, presenteando-os com três cofrinhos para os sonhos de curto, médio e longo prazos, colocando o nome em cada um deles. Procure já dar a sua contribuição, doando algumas moedas para cada um deles. Faça também com que eles pintem os seus sonhos, colando em cada um. Ensine que parte do dinheiro que eles ganharem deve ser guardado para os sonhos e a outra parte, para as suas guloseimas. Lembre-se que uma criança não pode somente pensar em dinheiro, ela precisa curtir a sua juventude com alegria e felicidade. O ato de aprender a poupar para a realização de seus sonhos é um grande agente transformador, que esinará ela hábitos de poupar para realizar desejos.
 
Para finalizar, chamo ainda a atenção para que, na hora em que a criança encher seus cofrinhos, é preciso mostrar que chegou o momento de realizar o sonho. Vá até a loja comprar o que ela havia sonhado quando começou a poupar; não tenha dó, é preciso que ela entenda que, guardando dinheiro, poderá realizar sonhos. Na hora de pagar, deixe ela praticar esse ato comercial, trocando suas moedas pelo sonho. A criança precisa saber que dinheiro guardado realiza desejos e sonhos. 
cofre_gastos